Você sabe o que você faz para se manter em pé ou em movimento?

Músculos estáticos e músculos dinâmicos

        Você sabe o que você faz para se manter em pé? Você se mantém em pé pela atividade dos seus músculos estáticos. E para se movimentar, você sabe como você faz? Ah, essa é uma atividade dos músculos dinâmicos. E o que isso tem a ver com a psicologia? Você sabe o que você faz para se manter em pé ou em movimento?

        Ah, psicologia e postura tem tudo a ver. Você sabe que os músculos da dinâmica podem ser exercitados com a finalidade de reforça-los? E que os músculos da estática podem ser exercitados em alongamento? Você sabe que os músculos abdominais possuem pouco tônus e podem relaxar por sedentarismo? Hum, você prefere barriguinha “tanquinho” ou “máquina de lavar”? Mas o que isso tem a ver com a psicologia?

 

Da deformação da postura a problemas de articulação

        Ah, psicologia e tônus muscular tem tudo a ver. Admite-se hoje que lesões articulares são devidas a problemas de postura. Também se sabe que os músculos que nos erguem também nos achatam. As posturas deformadas ou indevidas favorecem a aparição de dores musculares (por contratura), ligamentares, discais ou articulares. Mas onde entra a psicologia nisso?

 

Da rigidez muscular a insuficiência respiratória

        Ora, ora, psicologia e dores tem tudo a ver. Com quanto de facilidade você movimenta o seu tórax? Os nossos músculos respiratórios precisam de flexibilidade para se movimentar. Você pratica o alongamento dos seus músculos respiratórios para que eles recuperem seu comprimento, sua flexibilidade e sua força ativa? Um tórax que abaixa livremente pode elevar-se com maior amplitude, aumentando assim as trocas. Mas o que isso tem a ver com a psicologia?

 

Estatica e dinamica - manter-se em pe e em movimentoAntagonismo e complementaridade: equilíbrio das tensões

        Elementar, psicologia e respiração tem tudo a ver. Você sabia que nossos músculos são antagonistas e complementares? Isto é, eles se opõem ou se complementam uns aos outros, segundo as circunstancias? Pois bem, os músculos da estática são os responsáveis por nossa postura, o nosso jeito de ficar em pé, qualquer que seja o estado dos músculos dinâmicos.

 

As cadeias musculares

        Você sabia que nossos músculos, além de se oporem e se complementarem, também são parte de uma cadeia de músculos? Como parte de uma cadeia muscular, qualquer alteração ocorrida num musculo modifica toda a tonicidade da cadeia a qual esse musculo pertence. Portanto, a globalidade da nossa estrutura muscular é uma necessidade básica. Hum, isso já começa a parecer com psicologia.

 

Individualidade, causalidade, globalidade

        Hum, psicologia e necessidade tem tudo a ver. As formas adotadas pelos nossos comportamentos musculares são estritamente pessoais. São devidas as nossas necessidades individuais. Dependem de nosso patrimônio genético, de nossas atividades diárias, de traumatismos e de outros estímulos. Portanto, não há duas colunas vertebrais perfeitamente idênticas. Nós somos seres singulares e patológicos únicos. Ah, isso é a cara da psicologia!

Psicologia de Rebanhos

“O rebanho é os meus pensamentos e os meus pensamentos são todos sensações” (Fernando Pessoa).

Referencias

SOUCHARD, Philippe. RPG: fundamentos da Reeducação Postural Global. São Paulo: E. Realizações, 2003.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *