Você tem consciência da sua respiração ou nunca pensou nisso?

        Você toma cuidado com a sua dieta? Você come por dever ou come por prazer? Você faz exercícios regularmente ou não tem tempo ou não lhes dá importância? Você bebe bastante agua ou agua nem para tomar remédio?  Você tenta ser alegre e rir ou está sempre reclamando de tudo? Você tem consciência da sua respiração ou nunca pensou nisso?

        Para você responder estas e outras perguntas sobre você, é preciso que você tenha consciência de você mesmo. A consciência é o passo inicial para alterar qualquer estado de coisas.

O toque

         Você já se tocou hoje? Você nunca se toca? O toque é uma forma de conhecimento. O toque é uma das principais necessidades dos animais.

        O toque tem sido usado como terapia desde as civilizações mais antigas. É sabido que macacos jovens privados de convívio próximo sentem dificuldade em se relacionar. Os bebes humanos na ausência do toque produzem irritabilidade e depressão.

Muito além do toque

         A massagem é um método de tocar, pressionar, friccionar e amassar diversas regiões do corpo. A massagem pode aliviar a dor, relaxar, estimular e tonificar músculos, tendões, ligamentos e articulações.

         A massagem mobiliza a musculatura e a articulação. A massagem realiza um trabalho de alongamento, respiração e meditação.

Alongamento

         O alongamento atua como correção da postura e alivio de dores musculares. Mantem os músculos maleáveis – o que facilita a mobilidade e reduz os riscos de lesão muscular e articular.

Respiração

         A respiração é uma função vital e involuntária, mas que pode ser controlada pelo indivíduo. Faça um teste agora. Expire todo o ar. Pausa. Inspire contando lentamente um, dois, lentamente, três, quatro. Pausa. Conte um, dois. Expire lentamente contando um, dois, lentamente, três, quatro. Viu, você controlou a sua respiração!

voce-tem-consciencia-da-sua-respiracao-ou-nunca-pensou-nisso

         Você pode facilmente perceber a relação entre a sua respiração e os seus estados emocionais. Os estados emocionais produzem um efeito direto e imediato na forma como inspiramos e expiramos. Preste atenção em como a sua respiração muda em momentos de estresse, relaxamento ou alegria.

        Quando você inspira e expira, conscientemente e profundamente, como fizemos a pouco, você causa o relaxamento dos músculos e a diminuição da frequência cardíaca. “Além disso, o ar fica um tempo maior em contato com os alvéolos do pulmão, melhorando a troca gasosa e permitindo que mais oxigênio atinja a circulação, alimentando células e órgãos vitais”.

        Isso promove a atenção e o relaxamento. E auxilia na diminuição da quantidade de pensamentos e na melhoria do raciocínio.

        A respiração consciente potencializa os efeitos da meditação, auxiliando as pessoas a experimentarem estágios mentais diversificados, e ainda ajuda a diminuir a ansiedade, a depressão e o estresse.

Meditação

        O primeiro passo para a consciência é você se tornar atento ao seu corpo. Como você faz isso? Se você está sentado agora. Observe como você toca a cadeira. Quais as partes do seu corpo tocam a cadeira e como elas a tocam.

        Agora, torne-se consciente dos seus pensamentos. Como você faz isso? Perceba o que é que você está pensando. Quais são as qualidades desses seus pensamentos? Cuidado com os seus pensamentos! Os nossos pensamentos se utilizam de uma lógica toda nossa para nos enganar.

        Porém, o próprio fato, de você observar como a sua mente funciona, a transforma. Agora, no terceiro passo, você se torna consciente dos seus sentimentos, das suas emoções, dos seus humores. Como você faz isso?

        Acompanhe o ritmo da sua respiração. Não é necessário nomear o que você está sentindo. Existe consciência anterior as palavras. Até que … você se torna uma pessoa acordada, consciente da sua própria consciência.

Referências

MARTILNELLI, Alda. Yoga massagem ayurvédica: a transformação pelo toque: método Kusum Modak. São Paulo: Editora Olhares, 2011.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *